No terceiro disco de Aláfia, São Paulo não é Sopa

Aláfia grupo formado em 2011 por Eduardo Brechó (voz e guitarra), Xênia França (voz), Jairo Pereira (voz), Alysson Bruno (percussão), Pedro Bandera (percussão), Lucas Cirillo (gaita), Pipo Pegoraro (guitarra), Gabriel Catanzaro (baixo), Gil Duarte (trombone e flauta), Filipe Gomes (bateria), Fabio Leandro (teclado), lança nesta sexta-feira (10), o terceiro álbum intitulado de São Paulo Não É Sopa. No mês passado, o grupo havia divulgado o single Liga nas de 100 (uma das melhores músicas de janeiro, pelo MB). A canção escrita por Brechó e Jairo, faz sérias críticas da forma de política exercida na cidade de São Paulo, onde os mais poderosos são os mais favorecidos.

São Paulo Não É Sopa foi gravado entre outubro e novembro de 2015, nos estúdios da Red Bull na capital paulista. Com um nome sugestivo, o álbum é um ode à maior metrópole da América Latina. Abordando temas muitas vezes políticos, o disco conta histórias da “cidade cinza” e conta com participações de Tássia Reis, Luísa Maita, Assucena Assucena e Raquel Virgínia, integrantes da banda As Bahias e a Cozinha Mineira e João Parahyba. No terceiro trabalho, o grupo se distancia da abordagem dos álbuns antecessores Aláfia (2013) e Corpura (2015). Além disso, o supergrupo explorou outros ritmos musicais, usando samples e elementos de música eletrônica. Apesar de trazer novos elementos para a música de Aláfia, o trabalho se mantém orgânico e com a identidade  e a essência da banda. O disco produzido por Brechó, já está disponível nas plataformas digitais.

Os 50 Melhores Álbuns de 2016

Concluindo nossos especiais de fim de ano, listamos os 50 melhores álbuns nacionais lançados em 2016.
A lista não leva em consideração avaliações anteriores feitas pelo MB. Para navegar pela apresentação abaixo, utilize as setas do teclado.

______________________
Confira também:
As 100 Melhores Músicas de 2016
Os 20 Melhores Videoclipes de 2016
As 20 Melhores Capas de 2016