Curumin – Boca

Após 5 anos de hiato, Curumin lança nesta sexta-feira (26), seu novo trabalho intitulado Boca. O quarto álbum foi produzido pelo cantor em parceria com Zé Nigro e Lucas Martins, além de contar com participações especiais de Russo Passapusso (BaianaSystem), Rico Dalasam, Andreia Dias, Anelis Assumpção, Iara Rennó e Luê. O disco distribuído pela Natura Musical tem o projeto gráfico assinado por Ava Rocha.
No trabalho com 13 faixas Curumin não fica em sua zona de conforto. O multi-instrumentista explora em suas canções, elementos da música eletrônica, mesclando-os com ritmos orgânicos, tornando o trabalho próximo do experimental.

Faixa a Faixa

  1. Bora Passear: Primeira faixa do disco, faz um convite ao ouvinte “chegar junto” em momentos conflitantes;
  2. O Burguês Que Deu Errado: Sample retirado de um vídeo de Beto Bellinati encenando uma peça de sua autoria, que retrata os privilégios em uma sociedade patriarcal;
  3. Boca Pequena No. 1: Faixa reafirma a faixa anterior, acrescentando ainda outros temas, como a desonestidade e o retrato da política brasileira atual;
  4. Boca Pequeno No. 2: Continuação da faixa anterior, cantada e composta por Russo Passapusso;
  5. Prata, Ferro, Barro: Minimalista, brinca com os elementos e o movimento do mar durante a canção. A faixa conta com a participação de Luê;
  6. Terrível: Canção que aborda em seus versos, o universo feminino. A faixa ainda, define o feminino como transcendental e sobrenatural;
  7. O Atrito: A faixa mais melódica do trabalho. Apresenta uma composição curta e simples que afirma a intenção de lamento da canção;
  8. Boca de Groselha: Primeiro single do disco. A faixa brinca com a expressão “falar groselha” para trazer uma sonoridade mais sensual;
  9. Tramela: Canção curta com beats pesados, conta com a participação e composição de Rico Dalasam;
  10. Cabeça: Faixa mais experimental do disco, traz uma performance espontânea de uma letra improvisada.
  11. Descendo: Faixa que serve como transição entre as canções Cabeça e Boca Cheia.
  12. Boca Cheia: Com elementos eletrônicos e uma sonoridade que remete aos anos 80, a canção é a mais solar do disco. Conta com a participação de Indee Styla.
  13. Paçoca: Última faixa do disco, retrata como os brasileiros permanecem felizes, apesar dos problemas enfrentados. Com arranjos que remetem propositalmente ao samba, a canção conclui com êxito a mensagem do álbum.

curumin-boca.jpg

Boca
Curumin
Produção: Curumin, Zé Nigro e Lucas Martins
Gravadora: Natura Musical

Pra quem gosta de: Experimental
Avaliação: MB (Muito Bom)

Os 50 Melhores Álbuns de 2016

Concluindo nossos especiais de fim de ano, listamos os 50 melhores álbuns nacionais lançados em 2016.
A lista não leva em consideração avaliações anteriores feitas pelo MB. Para navegar pela apresentação abaixo, utilize as setas do teclado.

______________________
Confira também:
As 100 Melhores Músicas de 2016
Os 20 Melhores Videoclipes de 2016
As 20 Melhores Capas de 2016